Com foco no crescimento e na produtividade para o próximo ano, laboratórios e clínicas de imagem apostam em soluções mais flexíveis e versáteis

A improdutividade é um dos fatores mais nocivos para qualquer negócio, pois desacelera o crescimento e gera prejuízos. Nos últimos anos, este cenário também se refletiu em laboratórios e clínicas do país.

Diante de tempos instáveis na economia, soluções de baixa flexibilidade se tornam escolhas precipitadas, geralmente servidas de processos congelados e pouca adequação.

High Adaptability: A importância da alta adaptação

Para manter o potencial competitivo ainda neste último semestre de 2018, muitas clínicas e laboratórios estão apostando em empresas de tecnologia com real disposição em atender demandas mais específicas e que ofereçam soluções com alto nível de adaptação, deixando de lado as famosas opções “engessadas”.

A Avantix, especializada em Software para Medicina Diagnóstica, vem se destacando amplamente através da plataforma ATRIA: pois além de oferecer soluções 360º, também adota como metodologia se adaptar às demandas mais específicas de cada laboratório ou clínica, garantindo produtividade absoluta e uma gestão sob medida para as particularidades de cada departamento.

Inovação modular

O ATRIA é um software poderoso, amplo e prático, projetado exclusivamente para Gestão em Medicina Diagnóstica (Laboratórios de Análises Clínicas e Clínicas de Diagnóstico por Imagem) e composto por um conjunto de módulos cujo propósito é atender a uma série de frentes em um laboratório ou clínica.
Dentre estes módulos, estão soluções para:

  • Sistema completo para a Gestão Laboratorial (LIS Desktop e Web);
  • Interfaceamento e Automação laboratorial;
  • Gestão Financeira;
  • Controle de Estoque;
  • Gestão da Qualidade;
  • Atendimento e Agendamento;
  • Gestão de Anatomopatologia;
  • Filas de Atendimento;
  • Laboratório Apoiador;
  • Emissão de Laudos na Web.

Como este efeito pode proporcionar economia e rentabilidade ao laboratório?

Através dos aspectos de otimização presentes no ATRIA, a produtividade no laboratório se tornará iminente. Unida à resolução eficaz de problemas triviais da rotina laboratorial, reforçará o potencial da instituição em eliminar prejuízos e assim proporcionar lucro de forma mais clara e evidente.

Conheça alguns fatores que proporcionam economia e rentabilidade:

  • Processos simples e automatizados gerando produtividade e crescimento;
  • Otimização do tempo de atendimento e de execução de tarefas diárias;
  • Redução de erros manuais e no nível de glosas;
  • Redução de custos com impressão de fichas, resultados, etc.;
  • Otimização do tempo por meio de processos automatizados;
  • Redução dos limites de tempo de resposta ao mercado;
Continue lendo "A grande aposta dos laboratórios para obter mais produtividade em 2019"